Bem-vindo ao Centro Social Interparoquial de Abrantes.

Grupo de oração
 
Helping Hands

Sobre o Centro Social Interparoquial de Abrantes

Em 13 de Dezembro de 1947, o Rev. Padre Albano Vaz Pinto, pároco da freguesia de S. João da cidade de Abrantes, verificou haver necessidade de defender as crianças, em idade Pré-Escolar, do efeito nefasto da rua e compensar a sua sub-alimentação.
Neste sentido, coadjuvado por raparigas da Acção Católica, pôs a funcionar o primeiro núcleo numa dependência da igreja de S. João. Aí as crianças recebiam cuidados e alimentação, enquanto as mães angariavam o sustento fora de casa.
O número de crianças necessitadas obrigou o Centro a alugar várias instalações, cada vez mais amplas até que, em 1961, veio ocupar gratuitamente grande parte da Casa Diocesana de Santa Maria, em Abrantes, onde permaneceu até Setembro de 1998, data em que iniciou o funcionamento em instalações próprias, na Rua Cidade de Parthenay, nº 414, em Abrantes.

 
Tempo desenho

Creche e Pré-Escolar

Creche

Objetivos:

Desenvolvimento integral, psicomotor, psicosocial e cognitivo da criança, bem como, a comunicação e construção de códigos formais de aprendizagem.

Proceder à despistagem de inadaptações, deficiências ou precocidades e promover a melhor orientação e encaminhamento da criança.

Atualmente frequentam diariamente a Creche 45 crianças.


Pré – Escolar

Objetivos:

Promover o desenvolvimento pessoal e social da criança com base em experiências de vida democrática numa perspetiva de educação para a cidadania;

Incentivar a participação das famílias no processo educativo, e estabelecendo relações de efetiva colaboração com a comunidade.

Atualmente, frequentam diariamente o Pré-Escolar 43 crianças.

 
Obtendo sopa

Serviço de Apoio Domiciliário

O Serviço de Apoio Domiciliário iniciou em Junho de 1993,nas instalações cedidas na Casa Diocesana de Santa Maria, em Abrantes, passando em 1998,para as instalações próprias da Instituição, na Rua Cidade de Parthenay, nº 414, em Abrantes.
Actualmente está em funcionamento, desde o dia 1 de Outubro de 2014, nas instalações do Lar de Idosos “Domus Pacis”, a dar assistência a cerca de 85 pessoas (idosos, deficientes e doentes), residentes nas freguesias de S. João e S. Vicente de Abrantes e Alferrarede.
São prestados os seguintes serviços: alimentação, higiene pessoal, higiene habitacional, tratamento de roupa e cuidados de enfermagem.

 

Projecto Homem – Apoio a toxicodependentes

Após a restauração de uma casa doada à Paróquia, mais uma valência do Centro entrou em funcionamento, especificamente destinada a toxicodependentes. Foi em Julho de 1997.
Mais tarde, iniciou-se a construção de uma Comunidade Terapêutica de raiz, onde actualmente dá apoio a 35 utentes.
Após conclusão do tratamento de recuperação de toxicodependentes, são encaminhados para os 2 Apartamentos de Reinserção Social, que a Instituição tem em funcionamento, em instalações próprias. Um Apartamento em Castelo Branco com a capacidade para apoiar 9 utentes e outro em Ponte de Sôr com a capacidade para apoiar 10 utentes.

 
Storybook das crianças

Centro de Acolhimento Temporário

Em Julho de 2002 é inaugurado, em instalações cedidas gratuitamente, em Rossio ao Sul do Tejo, uma casa destinada a acolher até 12 crianças (dos 0 aos 12 anos) em situação de risco – que tenham sido negligenciados ou maltratados. Dá-se-lhe o nome de Casa de S. Miguel dado ao azulejo pintado em azul, que se encontra na frente principal da casa.

Em 16 de Julho de 2013, após doação à Instituição de uma casa particular, na freguesia de Alferrarede e, foi reparada e adaptada, a valência passou a ter instalações próprias. Instalações muito amplas e com maior espaço, proporcionando um dia-a-dia, a cada uma das crianças que ali se encontram, como sendo o seu verdadeiro “lar”.

OBJECTIVOS

Acolher por um período transitório as crianças em situação de risco;

Proteger e salvaguardar os direitos das crianças;

Satisfazer as necessidades básicas das crianças em condições de vida tão aproximadas quanto possível às da estrutura familiar;

Definição do projecto de vida das crianças, em conjunto com os organismos de solidariedade e segurança social, CPCJ´S, tribunais e família, promovendo desta forma o encaminhamento adequado de cada situação específica.

Actualmente mantêm-se lotada com as 12 crianças (meninos: 8   meninas: 4)

 
Grupo de suporte

Centro de Convívio

O Centro de Convívio “Recordar é Viver” iniciou a sua actividade no Dia Mundial da Mulher do ano 2006, 8 de Março.
A ideia surgiu dos enfermeiros reformados que davam o seu contributo no Centro de Enfermagem da Paróquia de S. Vicente e, se aperceberam que as pessoas não se deslocavam ao Centro de Enfermagem por necessidade de cuidados de saúde, mas pela necessidade de estarem acompanhadas e conversar um pouco, pois eram pessoas que viviam sós.
Em conversa com o Sr. Cónego José da Graça decidiu-se abrir um Centro de Convívio no Salão da Esperança, onde, depois de almoço começaram a juntar-se, inicialmente 8 pessoas e actualmente 30 pessoas para conversar / conviver, incentivando-as a participar e potenciarem a inclusão social; proporcionando-lhes relações interpessoais e intergeracionais; contribuindo para a sua manutenção no seu meio habitual de vida, retardando a sua institucionalização, prevenindo a solidão e o isolamento.
É uma valência com a frequência gratuita, em funcionamento de 2ª a 6ª feira das 14h às 17h e, que o Centro Social apoia, oferecendo todos os dias o lanche e, o transporte das pessoas com mais dificuldades em deslocarem-se, efectuado por uma carrinha da Instituição, que recolhe e leva os utentes às suas casas.

 
Idosos Socializar

Lar de Idosos “Domus Pacis”

A ideia de construção de um Lar de Idosos, em Abrantes, surgiu pelo grande número de idosos da cidade e pela falta de infra-estruturas nesta área.
O apelo dos mais idosos ao Sr. Cónego José da Graça, levou a que esta necessidade se transformasse num projecto para um Lar de Idosos.
A 02/05/2009 foi submetida uma candidatura para a construção de um Lar de Idosos com capacidade para 60 utentes, Medida6.12 – Apoio ao Investimento a Respostas Integradas de Apoio Social, do P.O.P.H – Programa Operacional de Potencial Humano do QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional.
Após aprovação da candidatura iniciam-se os trabalhos burocráticos que levaram à decisão de recorrer a um novo projecto para o Lar, este com capacidade de 72 utentes, pelo elevado custo de construção do primeiro projecto.
Depois do 2º projecto, aprovado tanto pela Câmara Municipal como pela Segurança Social iniciaram-se as obras, a um ritmo descomunal, porquanto a obra tinha de se concluir até Setembro de 2013.
Após conclusão das obras, dentro do prazo estipulado, o Lar entrou em funcionamento no dia 1 de Outubro de 2014.
Actualmente tem a residirem 72 utentes, nesta valência do Centro Social.

 

A Loja SOL

A Loja Social iniciou a sua actividade em 2011 com um grupo de senhoras voluntárias e que se mostraram disponíveis para prestarem serviço à Comunidade, no edifício antigo – Casa da Esperança onde funcionava também a Catequese e o Centro de Convívio. Esta valência foi criada exclusivamente para as famílias desfavorecidas, devidamente referenciadas pela Ação Social, e que ali pudessem receber os bens essenciais (roupa, sapatos, cobertores, roupa de cama, pequenos electrodomésticos, higiene pessoal, produtos de limpeza para o lar...) oferecidos pela própria Comunidade.
Com espaço para armazém e trabalhos de recuperação, onde eram preparadas algumas peças antes de irem para a loja social, com serviços de engomadoria e costura, o espaço tornou-se pequeno para todas as tarefas necessárias de triagem de peças e bens, e respectivos restauros, daí a necessidade de encontrar um novo espaço mais amplo e onde os bens e as peças pudessem ser tratados em espaços mais definidos.
Graças à disponibilidade por parte da Paróquia de S. Vicente, o seu Pároco e também Presidente do Centro Social, Cónego José da Graça, achou por bem ceder gratuitamente um edifício da Paróquia para o bom funcionamento desta valência.
Após restauração do mesmo, por parte da Paróquia e graças ao empenho e dedicação da Social Mind e toda a equipa de voluntários agregados à GalloWorldwide e outros particulares que quiseram colaborar, no dia 29 de Novembro de 2013 realizaram-se todos os trabalhos, tanto de montagem como de decoração, da nova Loja Social, que no final desse mesmo dia, ficou pronta a abrir ao público no dia seguinte.
Actualmente estão inscritas 85 famílias.

 

Projectos Futuros

  • Unidade de Cuidados Continuados

A construção de uma Unidade de Cuidados Continuados decorre da necessidade que o Centro Social e Interparoquial de Abrantes tem para dar respostas novas e diversificadas ao incremento da procura por parte de pessoas idosas com dependências funcionais e doentes com patologia crónica múltipla em articulação e complementaridade com o Serviço Nacional de Saúde e Serviços de Segurança Social.

O modelo de intervenção articulada tem como objectivo, fundamentalmente, promover a autonomia das pessoas em situação de dependência e reforço das capacidades e competências das famílias para lidar com essas situações recorrendo ao internamento nestas unidades residenciais apenas nas situações em que se mostre necessário ao processo de reabilitação com promoção de condições de autonomia que habilitem as pessoas a regressar ao seu domicílio.

Actualmente com projecto aprovado, aguarda-se a possibilidade de construção, através de uma Candidatura.


  • Residências Assistidas

Actualmente o projecto aguarda aprovação por parte da Câmara Municipal de Abrantes.

Pretende-se a construção de uma estrutura residencial, na Rua da Igreja, em Chainça, freguesia de Abrantes (São Vicente e São João) e Alferrarede do concelho de Abrantes, composta por 20 T1´s (quarto, sala/cozinha e instalação sanitária) e um edifício destinado a equipamento/serviços composto por sala de convívio e actividades, sala de refeições, cozinha (separada por zonas de copa limpa e copa suja, despensa frio e do dia), instalações sanitárias, lavandaria, sala de pessoal com instalações sanitárias/vestiários, zona de recepção, gabinete administrativo/sala de reuniões, gabinete técnico, gabinete de enfermagem com instalação sanitária incorporada, instalação sanitária com banho geriátrico, sala de cabeleireiro e podologia, arrumos interiores para equipamentos/produtos de limpeza, arrumos gerais e arrumos para eventual “stock”.

O prédio urbano apresenta uma área de superfície 6680.00 m2 e 200.00 m2 de área coberta

O Centro Social e Interparoquial de Abrantes vê a necessidade desta resposta, pela forte habitabilidade e, carência da população, da zona de construção.

Pensa que estas residências, embora se regem pelos mesmos critérios e princípios dos Lares da 3ª Idade, venham a proporcionar outras alternativas, indo ao encontro das necessidades de cada um.

 
planejador

Entre em contacto

Creche; Pré-Escolar e SAD

Rua Cidade de Parthenay, nº 414

2200-238 Abrantes 

Tel.: 41 331 650   Fax: 241 333 988

e-mail: csia.pre.creche.cat@gmail.com



CAT - Centro de Acolhimento Temporário para crianças em situação de risco

Rua da Fonte de S. José, nº 1 

2200 - 000 Alferrarede 

Tel.: 241 333 332   

E-mail: cat.csia@gmail.com



Lar para idosos "Domus Pacis" 

Rua D. António Prior do Crato, nº 244

2200 - 086 Abrantes

Tel: 241 330 400 Fax: 241 330 409

e-mail: geral.domuspacis.abt@gmail.com


Projecto Homem

Comunidade Terapêutica "João Guilherme" 

Largo de S. Vicente, s/n - Casa Paroquial 

2200 - 352 Abrantes

Tel.: 241 372 276   Fax: 241 331 234   Telemóvel: 926 314 050

e-mail: projectohomem.abt@gmail.com


Apartamento Reinserção Social de Castelo Branco 

Rua dos Oleiros, nº 45

6000 - 206 Castelo Branco 

Tel.: 272 329 941   Fax: 241 331 234

e-mail: projectohomem.abt@gmail.com  


Apartamento Reinserção Social de Ponte de Sor

Avª António Rodrigues Carrusca, nº 22 - Barreiras 

7400 - 114 Ponte de Sor 

Tel.: 242 206 799   Fax: 241 331 234

e-mail: projectohomem.abt@gmail.com

 

©2019 by CSIABT - Todos os direitos reservados.